Alimentos cicatrizantes

Imagem retirada de https://www.dicasonline.com/alimentos-cicatrizantes/
Imagem retirada de https://www.dicasonline.com/alimentos-cicatrizantes/

O processo de recuperação de cirurgias plásticas geralmente exige bastante cuidado, como repouso, esforço moderado e medicação. Mas o que parece simples, nem sempre vem a conhecimento de pacientes que buscam uma boa cicatrização pós-cirurgia: a alimentação. Alguns alimentos são fundamentais para uma boa cicatrização, já outros não são indicados, destaca o médico Deivis Albers, especialista em cirurgia plástica. Ao realizar uma cirurgia, explica ele, corta-se tecido (pele) e o corpo reage e tenta se defender e cicatrizar esses tecidos. Com isso, a coagulação é ativada e forma um novo tecido conjuntivo, rico em fibras de colágeno. Esse processo acontece por meio de células chamadas fibroblastos, macrófagos, plaquetas e também por inúmeros mediadores químicos. Para a realização desse processo, nosso corpo necessita de nutrientes, principalmente aminoácidos, proteínas, vitaminas C, E e A, além de um aporte de oxigênio.

Conforme o Albers, que ministra palestras em congressos, cursos e workshop, além de ser preceptor da Residência de Cirurgia Plástica do Hospital Cristo Redentor, na Capital, uma boa alimentação é essencial. “Ao montar o seu cardápio pós-operatório, é importante lembrar alimentos ricos em ferro e proteína como carnes e boa quantidade de vitaminas, que encontramos nos legumes e vegetais.” De acordo com o cirurgião, para formar um novo tecido e ativar a cicatrização, o corpo precisa produzir colágeno, que é uma proteína.

Alimentos ricos em proteínas são excelentes para ajudar nesse processo, como carnes de gado, aves, peixes, ovos, além de leites e derivados. Entre as vitaminas, a vitamina C auxilia na cascata de coagulação e na formação do colágeno, encontrada principalmente em frutas cítricas. Já a vitamina A é importante para combater a inflamação e é encontrada na cenoura, no tomate e na beterraba. A vitamina E se encontra em oleaginosas, como castanhas, amendoins e nozes. Para complementar, o ômega 3, encontrado em peixes, atum e sardinhas, também ajuda no controle do processo inflamatório.

No entanto, há alimentos que prejudicam a cicatrização. Alimentos ricos em açúcar e gorduras trans ou ainda ricos em óleos vegetais e sintéticos devem ser evitados, como doces, pães, massas, bolos, biscoitos, refrigerantes, margarina, óleos de soja, de milho e de canola.

fonte: Correio do Povo

TIRE SUAS DÚVIDAS

Fone: 16 3632-5534

Whatsapp: 16 9 9797-4006 - para agendar consulta

WhatsApp: 16 9 9605-4085 - para tirar dúvidas

Whatsapp