Cirurgião plástico destaca dez pontos que as mulheres precisam saber antes de realizar uma cirurgia reparadora

Imagem retirada de http://costadaher.com.br/clinica/2016/04/22/cirurgia-plastica-reparadora-cresce-mais-que-estetica-no-brasil/
Imagem retirada de http://costadaher.com.br/clinica/2016/04/22/cirurgia-plastica-reparadora-cresce-mais-que-estetica-no-brasil/

A busca pela perfeição estética sempre foi uma meta para a maioria das mulheres. Diante disso, a cirurgia plástica pode ser uma grande aliada para elevar a autoestima feminina, mas não deve ser feita aleatoriamente.

O cirurgião plástico Dr. Marco Cassol destaca que toda cirurgia apresenta riscos, e é preciso compreender os motivos pelos quais a paciente deseja, a todo custo, provocar uma modificação corporal ou facial. Para o médico, é necessário saber se a correção realmente é necessária e se há, de fato, um “defeito” a ser corrigido.

Para orientar as mulheres, Cassol aponta 10 itens que devem ser levados em conta na hora de decidir fazer uma cirurgia plástica:

1 - Qual a opinião dos familiares e amigos? As pessoas concordam que há algo a ser corrigido em seu rosto ou corpo, ou acham que isso é uma ideia fixa sua?

2 - A cirurgia plástica é o único meio para atingir esse objetivo? Será que, com exercícios físicos, dieta ou o uso de cosméticos, você não conseguiria mudar o que incomoda?

3 - Você tem conhecimento dos riscos de uma cirurgia e os cuidados que devem ser adotados durante o pós-cirúrgico? Muitos procedimentos podem apresentar edemas, dores e hematomas no período de recuperação.

4 - Está ciente de que deve ser totalmente honesta com seu médico? O especialista deve ser informado a respeito do uso de drogas, tabaco, álcool e até mesmo dos problemas de saúde que possam ser fatores impeditivos para uma cirurgia. Por mais que o cirurgião negue o procedimento, acredite, ele está evitando um mal maior que pode colocar em risco a sua vida.

5 - Como anda seu relacionamento amoroso? Você está sozinha ou tem alguém? A opinião dessa pessoa é o motivo principal que a leva a buscar uma cirurgia plástica? Se for essa a causa, então é preciso rever a vontade de operar.

6 - Você é perfeccionista ou detalhista? As pessoas muito exigentes podem enxergar “defeitos” onde eles não existem.

7 - Você está consciente de que sua vida pode não mudar como espera que mude? O fato de se submeter à uma cirurgia plástica não fará com que as pessoas te achem atraente, não facilitará encontrar o amor da sua vida ou o emprego dos sonhos.

8 - Você é ansiosa ou impaciente? Alguns procedimentos levam alguns meses para apresentar um resultado final, já que o corpo precisa se adequar e reduzir o inchaço e cicatrizar o local. Ao olhar o espelho poucas semanas após o procedimento, você ainda não estará satisfeita com o que vai ver. É preciso dar tempo ao tempo para conferir seu novo visual.

9 - Não se deixe levar pelo resultado dos outros. Uma prótese de silicone pode ficar ótima na sua amiga, mas no seu biotipo pode ficar exagerada. O lifting da sua vizinha não deixou marcas, mas seu organismo não reage como o dela. É preciso pensar em cada pessoa individualmente, e não se deixar levar pela pressão da sociedade ou por resultados conquistados por terceiros.

10 - A escolha do cirurgião plástico é essencial! Dê preferência aos profissionais membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Além disso, o médico deve passar confiança e não apenas concordar com o que você diz. O bom profissional tem bom senso e se preocupa com o ser humano, e não apenas com a cirurgia que será realizada.

fonte: Segs

TIRE SUAS DÚVIDAS

Fone: 16 3632-5534

Whatsapp: 16 9 9797-4006 - para agendar consulta

WhatsApp: 16 9 9605-4085 - para tirar dúvidas

Whatsapp