Flacidez facial: conheça técnica para evitar o envelhecimento da pele

Imagem retirada de https://claudia.abril.com.br/blog/dermatologia-denise-steiner/flacidez-facial-conheca-tecnica-para-evitar-o-envelhecimento-da-pele/
Imagem retirada de https://claudia.abril.com.br/blog/dermatologia-denise-steiner/flacidez-facial-conheca-tecnica-para-evitar-o-envelhecimento-da-pele/

Conforme envelhecemos perdemos a capacidade de funcionamento de vários tecidos e estruturas. Os ossos vão ficando mais frágeis e menos densos, o músculo atrofia, a pele afina, fica manchada, enrugada e flácida. A flacidez é a alteração mais marcante do envelhecimento, pois ocorre devido à perda progressiva de colágeno, principal proteína do corpo humano.

O colágeno diminui a partir dos 30 anos e segue progressivamente piorando em quantidade e qualidade. Vários fatores interferem na evolução da flacidez, desde genética, doenças, idade, alimentação e agressores ambientais como a poluição.

A região inferior da face e o pescoço, devido à falta de sustentação, transparecem a flacidez de forma mais marcante.

Os fios de sustentação são uma opção de tratamento para a flacidez do rosto e do pescoço. Eles têm duas funções: a primeira de levantar e tracionar a pele com um efeito lifting, e a segunda estimular o colágeno. Geralmente os fios têm uma capacidade de estímulo gerada pela substância do qual são formados, com o exemplo o ácido polilático.

O efeito lifting dos fios é relativo e depende do material, do modo de colocação, do número de fios e também da resposta individual. A colocação de um fio único de cada lado da face é insuficiente para um bom resultado. Na maioria das vezes, são necessários de 2 a 4 fios de cada lado da face e pelo menos 2 fios no pescoço.

A colocação é feita em ambiente cirúrgico ambulatorial, com anestesia local nos pontos de entrada e saída dos fios. Após o procedimento, a pele fica repuxada e levemente dolorida.

Os cuidados pós-cirúrgicos incluem pouca movimentação e alimentação leve durante 4 dias. Os efeitos colaterais são repuxamento da pele e hematomas leves. A duração do “efeito lifting” é de alguns meses, porém o estímulo de colágeno persiste por até 2 anos.

Em geral, o fio também pode ser combinado com preenchimento e toxina botulínica. Converse com seu dermatologista pois essa pode ser uma opção interessante para flacidez facial.

fonte: Revista Cláudia

TIRE SUAS DÚVIDAS

Fone: 16 3632-5534

Whatsapp: 16 9 9797-4006 - para agendar consulta

WhatsApp: 16 9 9605-4085 - para tirar dúvidas

Whatsapp